Foodics: A indústria de alimentos de mãos dadas com a tecnologia

Seja ao comer um salgado na lanchonete da esquina ou ao participar de um evento inesquecível num restaurante de luxo, o prazer de jantar fora transforma-se em realidade graças a um imenso trabalho realizado nos bastidores e ao empenho de uma indústria de alimentos em constante evolução.

Gerenciar um restaurante é muito mais do que simplesmente preparar e servir pratos. É um ofício complexo que envolve uma série de variáveis, como logística de alimentos, elaboração de menus e pratos do dia, sem falar na gestão e coordenação de várias equipes de profissionais que desempenham funções importantíssimas a cada etapa do funcionamento do restaurante.

Com soluções de alta tecnologia disponíveis em tempo real, a Foodics oferece aos clientes um Sistema de Gestão de Restaurantes voltado para o futuro. (Foto: Cortesia da Foodics)

Criada em 2014 por Ahmad Al-Zaini e Mosab Al-Othmani, que hoje atuam, respectivamente, como Diretor Executivo e Diretor de Tecnologia, a Foodics é uma próspera startup sediada na Arábia Saudita. A empresa fixou como objetivo oferecer uma solução avançada de gestão de restaurantes que seja ao mesmo tempo inovadora e fácil de usar.

Atualmente, a Foodics coloca à disposição dos proprietários de restaurantes mais de cem aplicativos que podem ser totalmente integrados às operações da empresa, proporcionando ganhos de eficiência e redução de custos.

Foi na época em que ainda eram estudantes, durante suas frequentes visitas a bares locais, que os dois empresários tiveram a ideia de criar um software inteligente, disponível na nuvem, para facilitar o trabalho dos gerentes de restaurantes.

“Percebemos que a transformação digital não havia chegado ao setor de Alimentos e Bebidas, principalmente no que se refere ao processamento dos pedidos. Os restaurantes também tinham dificuldades para modificar ou atualizar os menus impressos. Foi então que começamos a procurar uma solução inovadora que pudesse ajudá-los, e tivemos a ideia de usar tablets para o menu”, explica Ahmad Al-Zaini.

“Queremos atuar como um verdadeiro parceiro de referência para os proprietários de restaurantes, oferecendo a eles uma ferramenta fácil e eficiente para gerenciar seu negócio, desde a encomenda de ingredientes e a gestão das relações com os clientes, até o recebimento e a emissão de pagamentos”, continua o dirigente.

A Foodics oferece soluções totalmente integradas para a gestão de restaurantes e pontos de venda. Baseadas na nuvem e disponíveis em vários idiomas, elas podem ser acessadas sem dificuldades com um iPad pelos proprietários dos estabelecimentos. Disponibilizando uma variedade de complementos para aplicativos iOS, a Foodics atende atualmente a milhares de restaurantes, trailers, cafés e redes de alimentação rápida no Oriente Médio.

A solução na nuvem desenvolvida pela empresa revolucionou todos os aspectos da gestão de restaurantes, abrangendo as operações de frente (gestão do serviço), de produção (gestão da cozinha), de retaguarda (marketing, contabilidade e finanças, gestão de pessoas, inventário e criação de menu) e muito mais.

Vídeo: Disponibilizando uma variedade de complementos para aplicativos iOS, a Foodics atende atualmente a milhares de restaurantes, trailers, cafés e redes de alimentação rápida na região Oriente Médio / Norte da África, com escritórios na Arábia Saudita, nos Emirados Árabes Unidos, na Jordânia, no Egito e no Kuwait. (Foto de pré-visualização: Cortesia da Foodics)

O setor de A&B na era da Covid-19

Na indústria de Alimentos e Bebidas, existe uma tendência crescente a investir em recursos digitais inovadores. Ficamos muito orgulhosos ao ver que nossos clientes estão saindo da pandemia de Covid-19 mais fortes do que nunca.

Ahmad Al-Zaini e Mosab Al-Othmani, cofundadores da Foodics

Embora a indústria de Alimentação e Bebidas tenha sido profundamente afetada pela pandemia de Covid-19, muitas oportunidades de negócios surgiram para a tecnologia alimentar no setor de restaurantes. As medidas de saúde pública tiveram um forte impacto na forma como as pessoas acessam e utilizam os serviços da indústria de restaurantes, gerando um aumento da demanda por refeições para viagem, bem como por meios de pagamento digitais. Ao mesmo tempo, a transformação digital do setor ganhou impulso, e muitos restaurantes e bares adotaram soluções de e-commerce para não perder clientes nem diminuir o faturamento.

Para atender à demanda de serviços de restaurantes on-line, durante o período de pandemia a Foodics trabalhou ativamente para dar suporte às empresas do setor, desenvolvendo e implementando o aplicativo Foodics PAY. Com esse novo produto, os proprietários de restaurantes têm acesso a uma solução integrada para pontos de venda que oferece total segurança aos pagamentos feitos on-line ou com cartão.

“Observamos uma aceleração significativa do uso de recursos digitais nas operações dos setores de varejo e de alimentos e bebidas. As empresas desses setores tiveram que criar ou ampliar sua presença on-line, a fim de acompanhar os clientes e oferecer a eles a melhor experiência possível”, relata Ahmad Al-Zaini.

A busca de saídas para a crise provocada pelo coronavírus trouxe preciosos ensinamentos para a Foodics. A empresa empenha-se em oferecer aos clientes condições ideais para que eles possam se dedicar inteiramente ao núcleo do negócio, enquanto a Foodics desenvolve ferramentas, dados e recursos inovadores para ajudá-los a tomarem as decisões certas e administrarem a empresa com tecnologia digital. “Investimos consideravelmente na criação de uma rede de acompanhamento local, a fim de estabelecer relações de proximidade com os clientes e com os diferentes protagonistas do setor de A&B, que contam, assim, com o suporte de pessoas de carne e osso e podem dar mais atenção a iniciativas para conquistar e reter os melhores talentos para sua empresa”, ressalta o site da Foodics.

A Foodics disponibiliza mais de cem aplicativos para integrar as mais avançadas tecnologias às operações das empresas do setor de restaurantes. (Foto: Cortesia da Foodics)

Inovação potencializada pela PI

Donos de apurado talento para a inovação e de capacidade para desenvolver produtos úteis e práticos que geram valor para os restaurantes, Ahmad Al-Zaini e Mosab Al-Othmani se deram conta de que, sem proteção adequada da propriedade intelectual (PI) todo o investimento que fizeram estava correndo risco.

Na Foodics, buscamos criar um ambiente de trabalho propício à inovação e ao empreendedorismo, oferecendo aos funcionários as ferramentas necessárias ao desenvolvimento de suas ideias dentro da indústria. Mas percebemos que, nesse processo criativo, havia um risco de que as inovações fossem roubadas. Era imprescindível garantir a proteção dos direitos de PI do nosso trabalho.

Ahmad Al-Zaini e Mosab Al-Othmani, cofundadores da Foodics

A empresa decidiu, portanto, dar a devida atenção à PI e, desde então, registrou várias marcas e atualizou seus contratos, que agora incluem cláusulas sobre propriedade intelectual. “A Foodics atua em um mercado extremamente competitivo, cujas necessidades evoluem a cada dia. Por isso é tão importante, para nós, registrar os direitos de PI, a fim de proteger o investimento financeiro que fizemos para desenvolver produtos inovadores”, ressalta Ahmad Al-Zaini.

“As startups, a exemplo da Foodics, geralmente têm na inovação a base de seu crescimento. Portanto, é realmente essencial que os escritórios nacionais de PI promovam campanhas de informação sobre propriedade intelectual junto a pequenas empresas. A definição de uma estratégia eficaz em matéria de PI é fundamental para empresas como a Foodics, porque possibilita a proteção de ativos intangíveis, além de valorizar a empresa, tornando-a mais atraente para investidores potenciais”, continua Ahmad Al-Zaini.

O conselho que daríamos a empresas como a nossa é o seguinte: Registrem todas as novas ideias, os novos desenhos e as inovações. Vale a pena.